Todos os artigos

23-03-2020

Os 10 mandamentos das Lentes de Contacto

Usa lentes de contacto? Conheça os 10 mandamentos da sua utilização.

A utilização de lentes de contacto pode ser a solução ideal para quem não gosta de usar óculos, quem tem graduações muito altas ou mesmo para aproveitar a liberdade que elas podem trazer. Em qualquer dos casos, é SEMPRE necessário ter alguns cuidados.

Antes de começar a usar lentes de contacto, é essencial que recorra a uma consulta com o seu médico optometrista ou oftalmologista. Juntos, poderão verificar se o seu olho está preparado para usar este tipo de correção, e qual será a lente mais indicada para si, tendo em conta a sua utilização, material ou tipo de lente. Além disso, evite comprar lentes de contacto online. Para um correto uso das lentes, apresentamos-lhe dez mandamentos:

1- Manusearás as tuas lentes sempre com as mãos limpas
Para preservar a sua saúde ocular e a vida das suas lentes, higiene é fundamental.

Lave e seque as mãos antes de manusear a sua lente de contacto. Certifique-se de que não tem vestígios de cremes, óleos ou perfumes, que podem causar uma infecção no seu olho. As suas mãos devem estar secas, pois o contacto com água pode transmitir microrganismos que causam infeções. Além disso, principalmente se usar lentes de contacto moles e descartáveis, evite manusear as suas lentes com unhas compridas, que podem danificar as lentes ou até arranhar o seu olho. Se danificar ou rasgar a lente, deite-a fora.

2 - Usarás gotas lubrificantes com frequência
Sinta-se sempre confortável, use gotas lubrificantes

O nosso olho deve estar sempre húmido. Antes de pôr ou tirar as suas lentes, certifique-se que tem o olho lubrificado. Além disso, mesmo durante a sua utilização, lubrifique o olho com frequência, de maneira a maximizar o conforto durante a sua utilização e a evitar futuros problemas. Mas atenção: para lubrificar o olho deve usar gotas oftálmicas compatíveis com lentes de contacto; água, soro fisiológico ou mesmo a solução de limpeza das lentes de contacto não são indicadas;

3 - Não cobiçarás a lente alheia;
Seja invejoso com as suas lentes e não as partilhe com ninguém

Os seus olhos são únicos, por isso, as suas lentes de contacto são suas e de mais ninguém! Em primeiro lugar, como vimos no primeiro mandamento, antes de usar lentes de contacto é necessário consultar um médico optometrista, ou seja, as suas lentes de contacto são receitadas e adaptadas para se adequarem ao seu olho e à sua visão.Além disso, partilhar lentes de contacto (principalmente depois de usadas) pode transmitir bactérias de uma pessoa para outra, causando posteriormente infecções ou doenças oculares. Por isso, seja invejoso com as suas lentes.

4 - Não usarás por um tempo maior que o definido;
Não abuse das suas lentes

Qualquer tipo de lente de contacto tem a sua vida útil. Não exceda esse tempo, não vale a pena correr o risco. As lentes de contacto são produzidas com materiais diferentes para se adequarem a objetivos, pessoas e olhos diferentes. Por isso, siga sempre as instruções e dicas de utilização. É importante substituir as lentes de contacto com a frequência recomendada pelo seu médico optometrista ou sempre que se apresentarem danificadas, caso contrário, colocará os seus olhos em risco de infecções ou lesões mais sérias.

 

5 - Não dormirás com as lentes de contacto
Ou pelo menos evitarás ao máximo que isso aconteça

A não ser que sejam próprias para esse fim, nunca durma com as lentes de contacto colocadas. E porque? Ora, as lentes de contacto (principalmente as de uso prolongado, como as lentes mensais) são produzidas com uma tecnologia que permite a passagem de oxigénio para a córnea, e esta ação acontece com mais intensidade quando temos os olhos abertos, ou seja, quando estamos acordados. Quando dormimos, a lente de contacto pode impedir que o oxigénio chegue em quantidade suficiente para o olho, o que poderá levar a infecções, úlceras ou ao desenvolvimento de vasos sanguíneos anormais na córnea. Como quando temos os olhos fechados não produzimos lágrima nem oxigénio em suficiência para o olho, pode acordar com a lente colado ao seu olho. Se, por um acaso acidental, adormecer com as lentes colocadas, antes de as tentar retirar hidrate os seus olhos, cumprindo assim o segundo mandamento.


6 - Limparás a tua lente de contacto diariamente
Para mantê-la limpa, segura e livre de infeções

Tão importante como a higiene antes de colocar as suas lentes, é a própria higiene das lentes de contacto. Após a sua utilização, caso seja uma lente mensal, lave-as com a solução própria, de modo a retirar todas as impurezas, resíduos e vestígios de sujidade que possam ter ficado na lente. Retire uma lente de cada vez, coloque-a na palma da mão e envolva-a com o líquido de limpeza, esfregando-as de trás para a frente com o dedo indicador, entre 5 a 20 segundos. Evite os movimentos circulares, que podem rasgar as lentes. Não limpe as lentes de contacto com água corrente , saliva ou outros líquidos. Após esta pré-limpeza, armazene as suas lentes na caixinha com o líquido próprio, para que possam concluir o seu processo de desinfeção, o que normalmente dura entre 4 a 8 horas. Deixe-as repousar durante este período!

 

7 - Mudarás o líquido das lentes mesmo que não as use!
E nunca aproveitarás o mesmo

O líquido de manutenção das lentes de contacto deve ser substituído diariamente, mesmo que a lente não tenha sido usada. Isto porque a solução de limpeza pode perder as suas características de desinfeção, criando até algumas bactérias que, em vez de desinfectar as suas lentes poderão fazer o contrário, prejudicando o olho quando as lentes voltarem a ser colocadas. Por isso, não se esqueça: mesmo que não utilize as suas lentes, mantenha-as limpas e desinfetadas.

8 - Mudarás com frequência a caixa de armazenamento das lentes
Mesmo que limpa e desinfetada

Após a utilização das lentes de contacto, ou mesmo quando substitui o líquido de limpeza das lentes, limpe a caixinha: enxague os estojos e guarde-os abertos e virados ao contrário num local limpo e seco. Apesar desta limpeza e manutenção diária, as próprias caixas devem ser substituídas com frequência (no máximo de 3 em 3 meses). Por norma, as soluções para as lentes de contacto trazem sempre consigo um estojo novo.

9 - Abdicarás do uso das lentes em qualquer situação que possa comprometer a saúde do olho.
Deixe a estética para segundo plano

Nunca ponha a estética em prioridade com a sua saúde. Não utiliza as suas lentes de contacto em casos de inflamações, doenças, lesões ou anomalias oculares que afetem a sua córnea, conjuntiva ou pálpebra. Deixe-as de lado sempre que notar que os seus olhos estão mais cansados, vermelhos ou irritados. Em caso de dúvida, contacte sempre o seu médico optometrista ou oftalmologista.

 

10 - Terás sempre uns óculos de substituição
Ame os seus óculos da mesma forma que ama as suas lentes

Usar lentes de contacto não invalida o uso esporádico de óculos. Tente evitar andar mais de 8 horas com as lentes de contacto colocadas, e ao mínimo sinal de desconforto, irritação ou dor ocular retire as suas lentes de contacto e volte ao seu velho amigo de duas hastes.

Caso não goste dos seus óculos, experimente visitar uma das nossas lojas, com certeza que irá encontrar o seu modelo ideal. Comece já a escolher o seu modelo preferido.

 


Outros Artigos